Curso de Radiologia Oncológica no InRad

De 31 de maio a 01 de junho o InRad realiza o curso de radiologia oncológica hepática e pancreática no Centro de Treinamento em São Paulo.

29 Mar, 2019

O novo curso “Hands onde Radiologia Oncológica Hepática e Pancreática” do CERB acontece de 31 de maio a 01 de junho no Centro de Treinamento em São Paulo, com vagas limitadas a 30 alunos. A coordenação é do Dr. Regis França. 

Nos últimos anos houve significativo aumento da complexidade na avaliação por imagem do fígado e do pâncreas dentro do cenário oncológico.Esse fato ocorreu devido à incorporação de inúmeras técnicas para tratamento de lesões focais hepáticas, seja com intuito curativo ou paliativo. Nesse contexto, houve o desenvolvimento e a maior disponibilidade de tratamentos locorregionais como quimioembolização e radioablação percutânea, assim como a introdução de radioisótopos como o Yttrium 90, que apresentou resultados iniciais bastante encorajadores. Recentemente, as drogas-alvo e imunoterapia passaram a fazer parte do arsenal medicamentoso e demonstraram aumento significativo de sobrevida global em pacientes com carcinoma hepatocelular em estádio avançado. Por fim, as técnicas cirúrgicas também apresentaram inovações, como a possibilidade de ressecção em dois tempos e cirurgias cada vez mais agressivas no contexto de lesões metastáticas, notadamente colorretais. 

A avaliação por imagem cada vez mais desempenha papel central na decisão terapêutica de tumores sólidos do pâncreas, sobretudo definindo as lesões passíveis de ressecção cirúrgica e a  resposta a quimioterapia neoadjuvante em casos avançados, sendo também fundamente na caracterização de pseudolesões e alterações benignas que mimetizam o adenocarcinoma, neoplasia primária mais comum do pâncreas. As lesões císticas tem se tornado um achado incidental cada vez mais presente na vida diária do radiologista, sobretudo com o amplo uso de ressonância magnética, sendo possível estreitar o diagnóstico diferencial e auxiliar os médicos solicitantes no seguimento destes casos com o conhecimento das principais lesões.

Por tudo isso, o radiologista abdominal tem sua expertise cada vez mais exigida, com uso de novas ferramentas como o meio de contraste hepatoespecífico, realização de laudos mais complexos, que precisam guiar os próximos passos na estratégia diagnóstica e terapêutica, enfrentando dilemas relacionados a  progressão x pseudoprogressão x alterações inflamatórias de lesões hepáticas e pancreáticas. 

Objetivo:Este curso tem como objetivo o estudo das principais lesões focais hepáticas malignas primárias e metastáticas. Em relação ao pâncreas serão estudadas as lesões sólidas e císticas, além de tumores raros, diagnóstico diferencial com alterações inflamatórias e pseudolesões. Será deita abordagem prática direcionada para um relatório focado na conduta diagnóstica e terapêutica oncológica.

Material:os alunos terão acesso a estações de trabalho, nas quais serão discutidos cerca de 75 casos práticos ao longo do curso Ao final, todos os alunos receberão o conteúdo teórico das aulas ministradas e os modelos de relatório sugerido para cada caso discutido em mídia digital. 

Público alvo:radiologistas gerais com interesse em oncologia, radiologistas abdominais, residentes de radiologia.

Local: Trav. da Rua Dr. Ovídio Pires de Campos, 75, +55 (11) 2661-7067 / 2661-8190 Cerqueira César – São Paulo – SP

Mais informações:E-mail: centrodetreinamento.inrad@hc.fm.usp.br ou no site: https://www.sympla.com.br/curso-hands-on-de-radiologia-oncologica-hepatica-e-pancreatica__429534

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhe


NOTÍCIAS RELACIONADAS