Hospitalar 2019 - Inteligência Artificial na Radiologia

Inteligência artificial para radiologia trouxe para a feira Biosensor de sinais vitais, Leito inteligente entre outras novidades.

24 Mai, 2019

Os expositores trouxeram para a 26ª edição da Hospitalar as mais recentes novidades em Inteligência Artificial para a área de radiologia. Abaixo confira alguns destaques apresentados pelas empresas do segmento de imagem:

Fujifilm apresenta solução móvel de Raios X na Hospitalar

A Fujifilm, empresa de desenvolvimento de soluções para diagnóstico de imagens apresenta, na 26ª edição da Hospitalar o FDR NANO, solução móvel de Raios X digital, que oferece mais agilidade e eficiência tanto no transporte quando no manuseio. Isso tudo é possível graças a sua estrutura ultraleve, de apenas 90 kg, cerca de 80% mais leve do que as soluções tradicionais, além de quarto rodízios que deslizam e giram no próprio eixo.

Sinais vitais monitorados durante transferências

Entre os lançamentos trazidos pela GE Healthcare estão o novo monitor de sinais vitais portátil para transferências internas em hospitais, chamado Carescape One. O aparelho possui um sistema simples e intuitivo, que dispensa a troca de monitores durante as intercorrências. É leve e resistente à queda. Sua tecnologia inteligente e miniaturizada permite a fácil integração dos avanços clínicos atuais e futuros, protegendo o investimento. 

Menos biópsias com ultrassom premium

A multinacional Samsung traz à Hospitalar o HS30, principal lançamento da empresa no segmento de saúde. O equipamento híbrido atende especialidades de radiologia, cardiologia, vascular, ginecologia e obstetrícia, e permite o compartilhamento de imagens e vídeos direto para o smartphone do paciente. Outro lançamento é o aparelho de ultrassom premium RS85, para avaliação não-invasiva da rigidez do tecido das mamas e do fígado. Com diagnóstico seguro e preciso, a solução evita biópsias desnecessárias, contribuindo para a qualidade de vida e o conforto emocional do paciente. O aparelho ainda é equipado com o avançado HQ Vision™, que permite visualizar mais detalhes de estruturas anatômicas complexas. 

Konica Minolta lança solução completa para detectar câncer de mama

A Konica Minolta Helthcare do Brasil está na 26ª edição da Hospitalar com diversos lançamentos em seu estande. A grande novidae é o sistema de digitalização para mamografia Rose M, que aliado ao mamógrafo Delicata 10 oferece uma solução de alta qualidade de imagem e confiabilidade clínica. Seu uso garante a redução de dose, aumento da produtividade com melhora do fluxo de trabalho e satisfação dos pacientes, operadoras e radiologistas.

Gestão de imagens médicas

A MV preparou a apresentação da primeira solução com inteligência artificial para radiologia no Brasil. A ferramenta é integrada ao Vivace MV, plataforma que, dentre diversas soluções para centros de diagnóstico, reúne o Picture Archiving Archiving and Communication System (PACS) para gestão de imagens médicas. O programa garante que os exames sejam laudados de acordo com o seu grau de emergência, e não apenas por ordem de chegada, como é hoje.

Biosensor de sinais vitais

A Healthcare Alliance apresenta, nesta edição, o biosensor Vitalerter, trazido de Israel, que será comercializado exclusivamente pela empresa. Com ele é possível medir a frequência cardíaca e respiratória e sinais de movimento do paciente. O aparelho emite um alerta para que o profissional de saúde possa agir rapidamente, caso seja necessário. O sensor é pequeno e sem fios gerando maior conforto ao paciente, além de poder ser fixado em diversos lugares como cama e cadeira de rodas, entre outros.

Leito inteligente

A Hill-Rom, fabricante de camas hospitalares, móveis e outros equipamentos de saúde e sistemas de tecnologia médica, lança na Hospitalar o leito inteligente Accella Therapy. A solução acompanha um colchão de ar que tem a capacidade de envelopar e imergir o paciente, tecnologia conhecida como terapia de superfície, além de redistribuir a pressão e gerenciar microclima (assegura a manutenção da temperatura da pele em relação ao colchão).

A cama tem pesagem fidedigna e pode gerenciar e prevenir quedas, pois possui três níveis de alerta. Ela ainda tem recursos essenciais para verticalizar o paciente de forma precoce, o que vai ao encontro dos protocolos de mobilidade progressiva, mantendo o paciente interagindo com a família e staff. A soma do recursos do leito gera economia em potencial por prevenir úlceras, quedas e complicações respiratórias.

Microscópio para cirurgias neurológicas

A Zeiss trouxe para a feira o novo microscópio cirúrgico Kinevo 900, para cirurgias neurológicas. O equipamento possui sistema de visualização robótica, novidade no mercado brasileiro. O médico faz o controle robótico do produto, além de poder visualizar tanto em vídeo quanto via óptica, proporcionando segurança ao cirurgião. A tecnologia ainda diminui o tempo de cirurgia, reduzindo custos do hospital. O médico que usa o aparelho trabalha com segurança e gera melhores resultados aos paciente.

Bomba de infusão com IP 34 chega ao Brasil

A bomba Compact Plus é o grande destaque da B. Braun durante a Hospitalar 2019.  A nova geração do equipamento chega ao Brasil para atuar nas terapias de infusão contínua. Entre os principais atributos do produto estão: proteção de líquido IP 34 e uma biblioteca de fármacos capaz de armazenar até 3 mil itens. Seu display colorido permite classificar os medicamentos, e o sistema de rastreabilidade que possibilita ao profissional de saúde realizar a busca dos últimos 1.500 eventos.

Dupla autenticação para certificado digital

A Soluti, em parceria com a Vault ID, apresenta o Certillion Cloud Saúde. Ele conta com duplo fator de autenticação para comprovar que a pessoas por trás da assinatura digital é realmente quem diz ser – um primeiro no computador, quando acessa o prontuário eletrônico, e o segundo, via aplicativo, em que é feita a autenticação via OTP para efetuar a assinatura digital. Integrado aos principais sistemas de ERP Hospitalar, a tecnologia permite que qualquer rede hospitalar consiga se plugar e ter acesso às assinaturas dos profissionais de seu corpo clínico, ou seja, o médico não precisa mais ter um certificado digital para cada hospital que trabalha.

com Assessoria Hospitalar

 

 

 

 

 

Compartilhe


NOTÍCIAS RELACIONADAS