Uso de ferramentas virtuais e de atendimento remoto prosperam na área da saúde

Num cenário de pandemia como a Covid-19, o uso de soluções digitais tem crescido exponencialmente.

22 Mai, 2020

A partir de dezembro de 2019, quando houve o primeiro anúncio feito pela China sobre um novo coronavírus com alto grau de transmissão e que poderia se espalhar além do continente asiático, as ferramentas digitais passaram a ser ainda mais utilizadas. Cinco meses depois, a digitalização e a telemedicina tornaram-se imprescindíveis devido à agilidade e à contribuição na diminuição da contaminação de profissionais de saúde pelo coronavírus.

 

Até a telemedicina no Brasil precisou avançar rapidamente, após as discussões que vinham ocorrendo nos últimos anos, ela foi liberada “em caráter excepcional e enquanto durar o combate à pandemia de Covid-19”, segundo o Conselho Federal de Medicina (CFM), por meio da Resolução CFM nº 1.643/2002¹. Na Siemens Healthineers, o contexto da pandemia também acelerou o desenvolvimento e a aplicabilidade de soluções digitais que auxiliam clientes para um atendimento remoto de qualidade e precisão, além de ganhar escalabilidade e proporcionar mais segurança, tanto dos pacientes quanto dos profissionais da linha de frente. Os serviços de saúde e de manutenção de equipamentos, tão importantes nesse momento, continuam ocorrendo sem interrupções e muitos deles foram adaptados para este novo cenário. 

 

Entre as novas soluções, destaque para:

 

Smart Collaboration – por meio de realidade aumentada, é possível realizar alguns atendimentos como atualização de software, engenharia clínica e mesmo compartilhar casos entre os engenheiros de serviços, tudo direto na base instalada dentro do cliente, sem a necessidade da presença física. Essa solução digital torna possível visualizar e controlar a ação do cliente no equipamento, em tempo real, remotamente. É possível até enxergar a sala onde está instalada a máquina para o melhor atendimento e facilitar o entendimento.

 

Smart Simulator - simulador virtual em que o cliente pode fazer todo o treinamento clínico com um equipamento simulado online. Com a ferramenta há uma otimização do tempo porque não é mais necessário esperar a máquina ser instalada para iniciar o processo de aplicação e também flexibiliza a presença de 100% do time, no momento do treinamento.

 

syngo.Virtual Cockpit (sVC) – solução capaz de controlar múltiplos equipamentos de tomografia e/ou ressonância magnética em diversas localidades, remotamente. Com o sVC é possível amenizar uma alta demanda de atendimento e ganhar escabilidade, além da maior segurança para os colaboradores, já que uma parte do corpo clínico realiza o exame de maneira remota.

 

Monitoramento Amigo – ferramenta de telemonitoramento de pacientes, por meio do celular ou website para os casos de:

 

o    suspeita do novo coronavírus;

o    Pacientes confirmados de Covid-19, mas que não necessitam de hospitalização;

o    Pacientes que tiveram alta hospitalar e continuam o tratamento em casa.

Fonte: AI/SIEMENS HEALTHINEERS

Referência Bibiliográfica:

1.       Conselho Federal de Medicina - CFM (19/03/2020)

 

https://portal.cfm.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=28636:2020-03-19-23-35-42&catid=3

Compartilhe


NOTÍCIAS RELACIONADAS