Fidi retorna para a sociedade R$ 7,16 para cada real investido em 2019

Fundação comemora R$730 milhões de retorno em serviços de saúde para a sociedade

05 Nov, 2020

A Fundação Instituto de Pesquisa e Estudo de Diagnóstico por Imagem (Fidi) - gestora de serviços de diagnóstico por imagem da rede pública - retornou R$7,16 para cada um real investido em 2019. O levantamento realizado pela DOM Strategy Partners, consultoria 100% nacional com foco em estratégia corporativa e gestão de valor, apontou retorno superior a R$730 milhões em serviços de saúde para a sociedade, com base no investimento de R$102,2 milhões feito em 2019.

A análise tem o objetivo de demonstrar o retorno que a Fidi gera para a sociedade frente à aplicação de verba realizada. O relatório considera a avaliação de 20 temas estratégicos para a Fundação, tais como aspectos quantitativos e qualitativos (tangíveis e intangíveis) que protegem e geram valor (riscos e oportunidades) para os resultados e reputação da Fundação. Esses ativos são entregues aos públicos com os quais a Fidi se relaciona, como pacientes, médicos, colaboradores, fornecedores, clientes, pesquisadores e, também, à sociedade, por meio de sua prestação de serviços e atividades fim.

Para Marcelo Cunha, CEO da Fidi, o retorno do investimento é fruto de uma soma de ativos que colocam a Fundação como uma das principais Organizações Sociais de Saúde do País. "Conseguimos unir atendimento humanizado, comprometimento com o paciente, tecnologia de ponta, além de eficiência na gestão de recursos", comemora.

A metodologia de análise de considera a consolidação dos indicadores e índices de valor de cada tema avaliado e a aplicação do modelo de valoração do retorno do investimento.

Sobre a FIDI

A Fundação Instituto de Pesquisa e Estudo de Diagnóstico por Imagem (FIDI) existe há mais de 30 anos e é responsável por gerir sistemas de diagnóstico por imagem na rede pública de saúde. Fundada em 1985 por médicos professores integrantes do Departamento de Diagnóstico por Imagem da Escola Paulista de Medicina - atual Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) -, a FIDI nasceu com o objetivo de prestar assistência à população, além de contribuir para o aprimoramento de médicos radiologistas por meio de programas de educação permanente, bolsas de estudo e cursos de especialização.

Com 2.500 colaboradores e um corpo técnico formado por mais de 500 médicos, a FIDI realiza anualmente 5 milhões de exames entre ressonância magnética, tomografia computadorizada, ultrassonografia, mamografia, raio-X e densitometria óssea. Desde 2006, a FIDI deixou de ser Instituto e passou a ser denominada Fundação. Em 2009 ganhou status de Organização Social, expandido sua atuação e hoje está presente em 81 unidades de saúde nos estados de São Paulo e Goiás, além de ter participado da primeira Parceria Público-Privada de diagnóstico por imagem na Bahia. As unidades Goiás e SEDI III receberam o selo de "Excelente Empresa Para se Trabalhar" (GPTW) em 2018 e 2019. No último ano, a unidade de São Caetano do Sul elencou o guia "Melhores Empresas para Trabalhar GPTW - Saúde 2019".

http://www.fidi.org.br | Facebook Instagram

Fonte: AI/FIDI

Compartilhe


NOTÍCIAS RELACIONADAS